sábado, 12 de maio de 2007

Voltei....

Oi pessoal, desculpe a demora, vou tentar ir contando aos poucos tudo que eu passei desde o dia 28/04 quando fiz a cirurgia de redução:

28/04 - Saímos de Araxá às 05:00hs a caminho de Uberaba, onde minha internação estava marcada para às 07:00hs, no carro estavam meu marido Rodrigo dirigindo, meu pai ao lado dele na frente e minha mãe e eu atrás. Chegamos em frente ao Hospital São Marcos eram 06:50hs, entramos, todo o pessoal muito educado e amável, fiz a ficha para internação, assinei o termo de responsabilidade juntamente com o Rodrigo, ele também teve que assinar e sentamos para aguardar, eu estava muito calma, nem ansiosa eu estava, mas o tempo foi passando e nada de me chamarem, aí lembrei do Clexane, pensei..que horas que eu vou tomar esse tal remédio? Por tudo que eu havia lido ele era aplicado uma hora antes da cirurgia ou até no dia anterior...comecei a ficar nervosa...fui até a moça que fez a minha internação e falei com ela, disse que queria saber se iria demorar porque eu estava comceçando a ficar nervosa e isso não era nada bom...ela ligou para a sala de cirrgia e eles disseram que eles estavam somente aguardando o Dr. Luiz Flávio que ainda não havia chegado. Pronto, quer saber vou ligar no celular dele, liguei, e ele naquela calma exclusiva - Tô chegando Patrícia. Passou ainda uma meia hora aí ele chegou, apresentei ele ao meu pai e a minha mãe, ele pergntou ao papai se ele queria assistir a cirurgia e ele sartou (perigo), meu pai é um excelente médico mas não fala que a paciente sou eu ou minha mãe que aí tudo muda de figura rssss, ele não subiu nem a rampa para o centro cirurgico, fcou espernado lá embaixo mesmo. Minha mãe e Rodrigo foram, se despediram de mim, entreguei minha bolsa e meus brincos para a mamãe e fui eu e a Fabiana (enfermeira que vai fazer a ciru dia 26 de junho (torcendo pra ela)) ela me levou para trocar de roupa, colocar aquela roupinha linda da ciru e me levou até a sala de cirurgia, de lá nos despedimos e fui entregue a mais um monte de enfermeiras, que me deitaram naquela mesa estreita e começaram os preparativos.
Fisgaram a minha veinha, prenderam os meus braços...aí eu lembrei...O Clexane? A enferemeira disse -Aqui nós aplicamos logo que termina a cirurgia. Tudo bem, mais tranquila, olhei pra cima e vi o tubinho do azul de metileno, lembrei de tudo que eu li sobre ele, aí o Dr. Luiz chegou, ele e mais uma enfermeira começaram a enfaixar minhas pernas, adoro isso nele, ele gosta de se envolver em tudo diretamente, tem horas que nem parece que ele é que é o médico, Chegou a anestesista, ela veio conversar comigo. Primeira cirurgia? Não, fiz uma cesárea. Só? Só. Então vamos lá, vou te aplicar a peridural pra vc não sentir nada na barriga e a geral bem fraquinha pra vc não se mexer e relaxar, então tááá. Acho que a minha última frase foi pro Dr. Luiz, Deixa a cicatriz o menor possível tá???
Acordei com eles me desentubando, que coisa horrível, fiquei com a sensação que ainda tinha algo na minha garganta, Rodrigo disse que quando terminou a cirurgia e eles passaram comigo na macapara o CTI eu estava parecendo estar engasgada e que deu um desespero nele. Imagina em mim.
Acordei no CTI com alguém gemendo, era um senhor que estava ao lado, ele tinha tido problema no coração e queria ir embora, não queria ficar alí, tadinho dava uma dó, no CTI a maioria dos enfermeiros eram rapazes todos muito educados, havia algumas TV's mas elas não estavam viradas pra mim e também eu não estava afim de ver nada, dormia, acordava com alguma injeção, ou troca do soro, eu tinha uma sonda na uretra, estava nua e fora o incômodo da posição de barriga pra cima, a ardência na garganta, e a sede, tudo bem. Pedi para uma enfermeira um pouco de água só pra molhar a boca e gargarejar e cuspir, ela deixou, que alívio. Recebi a visita da minha mãe e do meu marido cada um por quinze minutos mas foi ótimo, minha mãe achou que eu estava muito bem e depois dormi, acordei com os gemidos e dormi de novo e assim foi a noite toda, amanhã conto do segundo dia, Bjim

5 comentários:

Carol disse...

Oi Pat, estou muito feliz por vc. Vi seu blog lá na gastroplastia.net, e estava ansiosa à espera de notícias suas. Eu também vou fazer a cirurgia e estou morrendo de medo, pois nunca fiz cirurgia pra nada... Beijos, agora é só correr pro abraço neh msm?

Eveline disse...

Oi Pat,
Que bom saber que vc tá bem?
Adorei o fato de vc contar a sua cirurgia com detalhes...
Vc demorou a escrever, vc teve algum problema na sua recuperação???
Beijinhos

Ti disse...

que booooooooooooooooom que deu noticiass!!
nao tava aguentando mais...rs
viu como foi tranquilo amiga? agora é só fazer tudo direitinho e ver os quilinhos indo embora pela janela..rs
um bjoooooooooooo e se cuida ta!

Patricia disse...

oi paaaaaaaaaaaaaaaaaaa

passando aqui pra saber mais noticias!! vc ja deu alguma no meu blog mas quero saber mais .. li seu relato .. cada um tem umma historia né rsss to torcendo pela sua recuperação e espero que logo vc possa manter mais contato. E to aguardando o resto da sua historinha rss

beijao linda! fique com Deus

Carol disse...

Ei mulher, estou super curiosa pra saber o resto, conta aí! Como está sendo sua recuperação? Conta....
Beijos.