quarta-feira, 14 de março de 2007

Coisas da vida...

Andei sumida porque estava chateada e achei que não conseguiria escrever nada de bom.
É engraçado como alguns hábitos mudam na vida da gente com o passar dos anos, até os meus 25 anos quando eu ficava chateada com alguma coisa adorava sentar e escrever sobre o acontecido, depois de colocar no papel (ou no computador) me sentia bem melhor e mais aliviada, o que não acontece atualmente, quando alguma coisa me deixa mal eu preciso viver a dor e a raiva até ela ir embora e não consigo escrever sobre o assunto, parece que enquanto estou escrevendo estou vivenciado tudo de novo e isso me deixa mal. Então é isso, a mágoa está aqui mas não vou ficar remoendo isso, bola pra frente...

Tenho que contar duas coisas engraçadas.... 1 - Meu filho anda num pique total, estou louca pra emagrecer e conseguir acompanhar o pique dele, antes de ontem ele estava elétrico, meu marido estava arrumando uma extensão de telefone e ele não parava um minuto então comecei a brincar com ele de “Lego” e fiz um veículo tipo um tanque de guerra e ele achou o máximo e falou: Mãe ficou “chiquésmico” eu o Rodrigo demos “pala” de tanto rir aí o Henrique vira e fala: Mãe, eu adoro quando você ri – criança é esperta demais percebe tudo mesmo né? Mas eu adorei a palavra nova, depois da ciru eu vou ficar “chiquésmica ”.
2 – A Pat Moço (minha amiga) disse um dia desses que depois que eu emagrecer tenho que fazer um “chá de corpo novo”, achei o máximo e adorei a idéia.

Recebi o laudo do meu cardio e está tudo ok, cardiologicamente já estou prontinha para a ciru, hoje fiz o Raio-X de tórax e vou tentar marcar a espirometria para amanhã ou sexta porque quero ir à Uberaba no início da semana que vem para marcar logo a cirurgia se Deus quiser.

A Déia (minha amiga), enviou-me um arquivo sobre um problema que pode ocorrer depois da cirurgia de redução por falta de vitamina B1, eu tinha lido um pouco sobre o assunto no blog da Patthy (http://gastroplastia.zip.net/index.html) e resolvi colocar aqui também, é meio preocupante mas como entreguei a minha cirurgia ao meu Deus querido sei que está em ótimas mãos e que vai dar tudo certo!!!!

Por Will Dunham
WASHINGTON (Reuters) - Alguns obesos submetidos a cirurgias de redução de peso, especialmente mulheres jovens, desenvolvem um distúrbio neurológico normalmente associado ao alcoolismo severo e ligado à deficiência de vitaminas, disseram pesquisadores na segunda-feira.
Um estudo na revista Neurology descreveu os casos de 27 mulheres e cinco homens que tiveram o distúrbio, chamado encefalopatia Wernicke, depois da cirurgia bariátrica. Quase todos sofreram vômitos freqüentes nas semanas posteriores à operação. Dois pacientes morreram.
A encefalopatia é provocada por deficiência de vitamina B1. A doença afeta o sistema nervoso e o cérebro, com sintomas como visão dupla, anormalidades na movimentação ocular, oscilação no caminhar, perda de memória e alucinações.
O coordenador da pesquisa, Sonal Singh, da Escola Universitária de Medicina Wake Forest, da Carolina do Norte, disse não saber a freqüência com que esse distúrbio atinge pessoas submetidas à cirurgia contra obesidade. Aparentemente, o problema atinge pacientes que param de tomar suplementos vitamínicos ou que não conseguem absorvê-los devido ao vômito.
Singh disse que, reconhecida a tempo, a síndrome pode ser facilmente tratada com injeções de vitamina B1. Segundo ele, médicos e pacientes precisam estar atentos aos sintomas nas primeiras semanas após a cirurgia.
Cerca de 170 mil pessoas se submeteram à cirurgia de emagrecimento nos EUA em 2005, aumento de dez vezes em relação à década de 1990. Entre 2000 e 2003, a incidência dessas cirurgias entre adolescentes triplicou, segundo estudo divulgado na semana passada.
"Não estamos dizendo às pessoas que não façam a cirurgia, mas acho que há um risco a ser considerado agora na equação quando as pessoas estão decidindo", afirmou Singh.
Singh e seu colega Abhay Kumar disseram, após análise de dados na literatura médica, que a síndrome ocorre com mais freqüência entre um e três meses após a cirurgia, especialmente em mulheres, mas que em um caso chegou a aparecer até 18 meses depois.
O problema ocorre em qualquer tipo de operação contra obesidade, como na ponte gástrica, em que o cirurgião secciona uma pequena parte do estômago, formando uma bolsa que passa ao lado da primeira parte do intestino delgado e se conecta diretamente às porções inferiores.
Também há uma cirurgia que "amarra" o estômago e a divisão gástrica que divide o estômago em duas partes.
Trezes dos 32 pacientes se recuperaram plenamente. Alguns dos 32 tiveram sintomas normalmente não associados à encefalopatia, como desmaios, perda de audição, psicoses, fraqueza muscular e dormência nas extremidades, segundo o estudo.
"É realmente cedo demais para dizer o quão comum ou raro é (esse distúrbio). Acho que é mais comum do que as pessoas esperam", disse Singh.
Também é prematuro dizer, segundo ele, que a doença afeta mais as mulheres, ou se esse resultado foi mais freqüente porque as mulheres são três quartos dos pacientes que e submetem a esse tipo de cirurgia.

fonte: http://br.today.reuters.com/news/newsArticle.aspx?type=topNews&storyID=2007-03-12T235821Z_01_B556801_RTRIDST_0_MANCHETES-CIENCIA-EMAGRECIMENTO-DOEN-A-POL.XML&archived=False

3 comentários:

Patricia disse...

oi xará mineira!!!

fico feliz de saber que sou sua ídola rsss e obrigada pelos elogios... vc ja é linda entao se prepare pro ciume do maridao porque vc vai ficar maravilhosa né .. seu filho eh lindo ... adoro essas novas palavras ... ja marcou a cirurgia? nao esquece de me avisar tá?? vc tem orkut? ou msn? podiamos trocar né .. beijinhos mil

Patricia disse...

pá (ó a intimidade)

to pensando em colocar um link do seu blog no meu e vi que vc recebeu o botom da danny pra colocar no seu tbe, se vc quiser tbe tenho o meu hehehe o que vc acha? depois me fala..

beijaoooooo

Tati disse...

Oiiiiiii tia linda...

Achei ótimo seu blog... tenho certeza que será esclarecedor pra muitoas pessoas que estão na mesma situação que vc... acho válido tbem compartilhar suas emoções e sentimentos antes de uma cirurgia tão importante, pq sempre escutará uma palavra amiga.
Ahhhh tia... to brava com vc sabia?!!!
Não tenho tempo de fazer academia e não sei como vou andar com vc depois que fizer a cirurgia. Se já é linda agora... depois então!!!
Vai ficar msm chiquésmica!!! rsrsrs....
Manda um beijinho bem gostoso pro fofo da Henrique, ok?!!!
Beijinhos... amo vc!!!